Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Atendimentos na rede estadual de saúde cresceu em 154% no Amazonas

Publicado

em

Foto: Divulgação/Susam

Manaus/AM - Os atendimentos nas unidades de urgência e emergência da rede estadual de saúde, em Manaus, cresceram 154%, entre janeiro a outubro deste ano, em comparação com o mesmo período de 2017. Até outubro, foram registrados 4.976.611 atendimentos, em prontos-socorros, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) da Secretaria Estadual de Saúde (Susam). No ano passado, no mesmo período, foram realizados 1.961.717.

Para o secretário estadual de saúde, Francisco Deodato, os números mostram o resultado do enorme esforço do Governo do Amazonas, para resolver os problemas encontrados no setor e garantir os investimentos necessários, de forma a atender a demanda crescente na rede de saúde. “Em apenas um ano de administração, tivemos vários avanços na rede de saúde da capital. Dentre eles, a criação de 379 novos leitos, o equivalente a abertura de um novo hospital; a retomada de obras que encontramos paradas, como a UPA José Rodrigues, na Cidade Nova, a UPA Itacoatiara e o Hospital do Careiro Castanho, todos entregues e em funcionamento. Foram realizados investimentos na ordem de R$ 65 milhões, para reforma e reestruturação de praticamente todas as unidades instaladas em Manaus”, ressaltou Deodato.

O levantamento da Susam mostra que as unidades de urgência e emergência estão sobrecarregadas, em grande parte, pela demanda que recebem de casos que poderiam ser resolvidos na atenção básica. O reforço de cobertura na rede primária, segundo o secretário, é essencial para melhorar a resolutividade na urgência e emergência. “Aumentamos nossa capacidade de atendimento, mas a demanda é sempre crescente”, disse ele.

As unidades mais procuradas na capital são os prontos-socorros adultos, que até outubro registraram 2,3 milhões de atendimentos. O número é quatro vezes maior que o registrado no mesmo período do ano passado: 512.135.

Os principais atendimentos nos prontos-socorros são nas áreas de clínico geral, vascular, oftalmologia, urologia e ortopedia. Já os Hospitais e Prontos-Socorros Infantis (HPSC) registraram juntos 463.598 atendimentos. O número é mais que o dobro de 2017, quando foram feitos 207.936 atendimentos no mesmo período. As principais demandas, nessas unidades, são de pediatria, clínico cirúrgico e ortopedia.

Os SPAs e as UPAs também estão na lista dos que mais atenderam, nos 10 primeiros meses deste ano. Segundo dados da Gerência de Urgência e Emergência da Susam, os oito SPAs e as duas UPAs de Manaus somaram juntos 2,1 milhões de atendimentos, em 2018, contra 1,3 milhão em 2017, um crescimento de 39%.

De acordo com a gerente da área de urgência e emergência da Susam, Nayara Maksoud, tanto os SPAs quanto as UPAs são unidades intermediárias na rede de urgência e suas principais demanda são de atendimentos ambulatoriais, que poderiam também ser resolvidos na atenção básica. Nas unidades também são realizados procedimentos de sutura, drenagem, curativo, raio x, nebulização e serviço laboratorial. “A leitura que podemos fazer hoje é que a rede de urgência e emergência, por ser porta aberta, acaba absorvendo a demanda que deveria ser atendida na atenção básica. As pessoas sabem que se forem aos prontos-socorros ou aos SPAs serão atendidas”, disse a gerente. Ela também cita a baixa cobertura da atenção básica como um dos componentes da sobrecarga da urgência e emergência.

Segundo levantamento do Departamento de Atenção Básica (Dabe) da Susam, que acompanha a prestação dos serviços nos municípios, em julho deste ano, a cobertura da Estratégia Saúde da Família, em Manaus, era de apenas 31,5%, e a da Atenção Básica Tradicional era de 44,56%.

Rede de Urgência e Emergência– A Rede de Urgência e Emergência do Governo do Estado está distribuída da seguinte forma na capital: sete Hospitais e Prontos-socorros (HPS), nove Serviços de Pronto Atendimento (SPA), duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), além do serviço de emergência do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro.

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Greve dos Rodoviários em Manaus

TSE: Siga a transmissão da diplomação de Bolsonaro

Amazonas

Copyright © 2006-2018 Portal do Holanda.