Siga o Portal do Holanda

Caso Flávio

Após confissão contraditória, delegado afirma que investigações vão continuar

Publicado

em

Manaus/AM - A morte do engenheiro Flávio Rodrigues parecer estar bem longe de um desfecho. Isso porque o segundo o delegado Paulo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), todas as versões apresentadas pelos suspeitos até o agora, estão repletas de contradições.

Uma delas é de que a casa de Alejandro Valeiko teria sido invadida por traficantes durante uma festa e que o engenheiro teria sido sequestrado e morto por conta de uma dívida. A mais recente, foi a versão apresentada nessa terça-feira (8), durante a confissão de Mayc Vinicius Texeira.

No depoimento, o ex-lutador de MMA contou que foi ele quem esfaqueou Flávio durante um desentendimento. O advogado de defesa contou que segundo o cliente, tudo aconteceu muito rápido, quando “as coisas fugiram do controle", porém, não quis dar detalhes do conteúdo da confissão.

O delegado também não divulgou o que foi dito, mas adiantou que as contradições são muitas e que podem haver muitos detalhes importantes ocultos entre um depoimento. Por conta disso, os peritos devem realizar acareações para confrontar os depoimentos.

O procedimento deve ajudar a esclarecer a sequência dos fatos e revelar quem está mentindo. Martins afirmou que as investigações seguem minuciosas.

Um caso de bullying no colégio Laviniense

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.