Siga o Portal do Holanda

Em Manaus

Empresa se pronuncia após motorista de App se recusar a levar passageiro homossexual

Publicado

em

Foto: Reprodução

Manaus/AM - A 99, empresa de aplicativo de transporte individual, se pronunciou nesta quinta-feira (14) sobre a denúncia contra um de seus motoristas que se negou a realizar corrida a um passageiro homossexual em Manaus. A empresa explicou que recebeu do passageiro a “grave denúncia” no último dia 11 de março e que o perfil do condutor foi imediatamente bloqueado. 

“A 99 repudia qualquer forma de preconceito e tem uma política de tolerância zero em relação a isso. A empresa se solidariza com o passageiro e lamenta profundamente. A companhia está em contato com ele para prestar todo o apoio que for necessário. Também se encontra aberta a colaborar com a polícia”, declarou a empresa. 

O Caso 

A denúncia foi registrada no 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em que a vítima denuncia que o motorista da 99 se negou a realizar a corrida, pois ele estava em uma boate LGBTs, no Centro de Manaus. 

“Não curto fazer corrida para viado não, beleza. Melhor tu cancelar por aí. Pede outro”, disse o condutor do veículo por meio de mensagem no aplicativo. 

Portal do Holanda é o site mais acessado no Amazonas, segundo o IVC

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

ABRE A BOCA E FECHA OS OLHOS: LUCIANA FELICORI, RESTAURANTEUR & ENÓFILA

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.